quinta-feira, março 26, 2009

Dor de dentes, paga-se para a levarem daqui para fora

O que não era dor tornou-se dor, e daquelas de fazer acordar uma pobre alma às 4 da manhã e praticamente não voltar a pregar olho, e de fazer chorar de dor à primeira tentativa de anestesia para o desvitalizar. E esta porra não está a ceder a anti-inflamatórios e faz-me doer toda a metade direita da cabeça.
Continuo a achar que devíamos ser desdentados como as galinhas. Ou que os nossos dentes deviam ser como peças de Lego. Pelo menos, que não tivessem nervos, que não pudessem doer!

2 comentários:

Noite disse...

Tadita, é horrível, acho que há poucas coisas piores. Estás melhor?

Zu disse...

Felizmente sim, Noitinha, obrigada! :-) Foram dois dias e meio horríveis, mas com analgésicos (em dose cavalar) e antibiótico a coisa está a ir ao sítio. Começo é a ter medo do que sucederá na consulta em que é suposto acabar a desvitalização deste estúpido dente, daqui por 2 semanas...