segunda-feira, abril 28, 2008

Instalado

Não dei por ele entrar. Senti algo húmido nas mãos, olhei e vi um focinho peludo e pedinchão a olhar para mim. Afastei ligeiramente a cadeira. Saltou, lambeu-me e instalou-se-me no colo. Aqui está há mais de um quarto de hora, imóvel.

2 comentários:

sofia disse...

:)

Zu disse...

Só agora vi o teu comentário, Sofia! Bem aparecida sejas, dona de um tecto que anda ainda mais ao abandono do que este cantinho azul! :)